Ação da China em mar em disputa é `provocadora', diz secretário dos EUA

Os Estados Unidos consideram a colocação de uma plataforma de petróleo e várias embarcações da China em águas disputadas com o Vietnã como "provocadora", disse o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, em conversa telefönica com o chanceler chinês na segunda-feira.

Reuters

13 Maio 2014 | 07h37

A China alega que quase todo o Mar do Sul da China está sob sua soberania e rejeita reivindicações de parte da área pelo Vietnã, Filipinas, Taiwan, Malásia e Brunei.

"Ele (Kerry) disse que a colocação pela China de uma plataforma de petróleo e numerosas embarcações do governo em águas disputadas com o Vietnã era provocador", disse a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Jen Psaki.

"Ele pediu que ambos os lados procurem baixar as tensões, garantir o trajeto seguro de suas embarcações no mar e resolver a disputa por meios pacíficos, em conformidade com a lei internacional."

O Ministério de Relações Exteriores chinês disse que certamente houve atitudes provocadoras no Mar do Sul da China, mas que a China não é a parte culpada e repetiu que os Estados unidos foram os responsáveis por encorajarem tal comportamento.

(Reportagem de Ben Blanchard em Pequim)

Mais conteúdo sobre:
EUA CHINA Petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.