Agência monta equipe para ajudar hospitais na luta contra Ebola nos EUA

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) montou uma equipe de resposta ao Ebola para ajudar hospitais que estejam tratando de pacientes contaminados com o vírus e prometeu enviar agentes a qualquer lugar do país "em horas", disse o diretor da agência nesta terça-feira.

REUTERS

14 de outubro de 2014 | 17h08

O diretor do CDC, doutor Thomas Frieden, disse que as pessoas que tiveram contato com o primeiro paciente com Ebola em Dallas, Thomas Duncan, passaram pelo período de risco mais elevado de quarentena e que agora provavelmente já não manifestarão sintomas.

(Reportagem de Michele Gershberg e Julie Steenhuysen)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACDCEBOLA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.