Al-Qaeda assume tentativa de ataque ao avião da Delta Airlines

Grupo afirma que atentado foi em represália aos ataques dos EUA ao grupo terrorista no Iêmen

Reuters,

28 de dezembro de 2009 | 17h40

Uma divisão regional da organização terrorista Al-Qaeda disse nesta segunda-feira, 28, que está por trás do atentado frustrado contra o avião da Delta Airlines nos Estados Unidos como vingança pelas agressões de Washington ao grupo no Iêmen, de acordo com um comunicado publicado na internet.

 

O grupo disse que forneceu ao nigeriano suspeito um "artefato tecnologicamente avançado", mas que o explosivo não detonou por uma falha técnica.

 

Em um comunicado publicado em sites islâmicos na internet, o grupo identificou o suspeito como sendo Umar Farouk al-Nigiri.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.