Paul Sakuma/AP
Paul Sakuma/AP

Ao menos três pessoas morrem em acidente de avião nos EUA

Causa de colisão ainda é desconhecida, mas acredita-se que aeronave pode ter se chocado com poste elétrico

Efe,

17 de fevereiro de 2010 | 18h27

Ao menos três pessoas morreram nesta quarta-feira, 17, após um avião colidir pouco depois de ter decolado do aeroporto de Palo Alto, na cidade de Santa Clara, Califórnia, segundo autoridades norte-americanas. A aeronave, um Cessna 310 bimotor, tinha capacidade para um piloto e um máximo de quatro pessoas.

 

O acidente ocorreu pela manhã em um bairro próximo ao aeroporto de onde o avião decolou, e causou o incêndio de uma casa, de uma creche e de vários veículos. A polícia local já confirmou que as chamas foram controladas.

 

O chefe dos bombeiros de Menlo Park, Harold Schapelhouman, disse que o piloto e dois passageiros faleceram.

 

O porta-voz da Administração de Aviação Federal dos EUA, Ian Gregor, explicou que o avião partiu esta manhã em direção ao aeroporto Hawthorne Municipal, no sul da Califórnia, e "colidiu em circunstâncias desconhecidas".

 

De acordo com relatos, a aeronave pode ter se explodido após ter se chocado com um poste elétrico.

 

O incidente causou um corte de energia elétrica em grande parte da cidade.

 

A visibilidade nesta manhã na zona do acidente era escassa devido a neblina. Segundo o porta-voz do aeroporto de Mineta San José, David Vossbrink, próximo do aeroporto de Palo Alto, vários voos comerciais foram cancelados devido ao tempo ruim.

Tudo o que sabemos sobre:
acidenteaviãoEstados Unidoscolisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.