Após caos, fornecimento de energia é retomado em Washington

O fornecimento de eletricidadevoltou ao normal na cidade de Washington, na sexta-feira,depois de uma interrupção e um incêndio ocorrido em uma linhado metrô terem provocado caos e congestionamento durante o rushmatinal. O Departamento de Segurança Interna disse que os incidentesnão pareciam ter ligação nenhuma com qualquer ato terrorista. Dirigentes da distribuidora de energia Pepco afirmaramainda não saber por que havia parado de funcionar umasubestação de força da rua 10, por volta das 7h30, deixandocerca de 11 mil clientes do centro da cidade sem eletricidade. Por volta da mesma hora, surgiu um incêndio na estaçãoCenter, do metrô, afirmou a Autoridade de Trânsito na ÁreaMetropolitana de Washington (WMATA). Funcionários da WMATA e daPepco não souberam dizer se os incidentes tinham relação um como outro. Segundo a agência governamental, o fogo foi extinto e ascomposições do metrô voltaram a circular às 8h30. Previa-se, noentanto, que houvesse atrasos de até uma hora. A falta de energia obrigou a estação Dupont Circle, pertodali, a fechar as portas já que suas longas escadas rolantesdeixaram de funcionar. Várias estações do centro da cidade encontravam-se menosiluminadas do que o normal porque funcionavam com a ajuda degeradores, afirmou a WMATA. As temperaturas devem chegar perto dos 31 graus Celsius aolongo do dia, o que poderia prejudicar o trabalho das pessoasse os escritórios do governo e das empresas ficarem semar-condicionado. O Departamento do Tesouro ficou sem energia durante a panee partes da Casa Branca funcionaram por meio de geradores. Opresidente do país, George W. Bush, encontra-se na Europa. O Congresso, a Suprema Corte e o Departamento de Estadocontinuaram a receber eletricidade sem problemas. Antes de a polícia chegar para coordenar o tráfego, ônibuse carros encontraram dificuldade para atravessar os cruzamentosmais movimentados onde os semáforos haviam deixado defuncionar. Em um desses cruzamentos, os pedestres gritavam para que oscarros parassem e permitissem a travessia de pessoas idosas. Uma porta-voz da polícia disse que não foram registradosrelatos sobre acidentes provocados pela falta de eletricidade. (Reportagem adicional de Randall Mikkelsen, James Vicini,David Morgan, Paul Eckert, Jennifer Owens e Toby Zakaria)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.