Reuters
Reuters

Aprovação de Obama nos EUA cai para 53%, aponta pesquisa

Nova sondagem indica queda de oito pontos em relação ao nível de abril; presidente enfrenta desafio na Saúde

Agência Estado e Dow Jones,

29 de julho de 2009 | 20h43

A popularidade do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sofreu nova queda no final de julho, indica uma pesquisa conduzida pelo Wall Street Journal e a NBC News. A sondagem, feita entre 24 e 27 de julho, descobriu que o patamar de aprovação do governo Obama está em 53%, oito pontos abaixo dos 61% de aprovação que a administração tinha em abril.

 

A pesquisa tem margem de erro de 3.1 pontos porcentuais para todos os grupos entrevistados. A sondagem entrevistou 1.011 pessoas nos EUA. As informações são do Wall Street Journal. Entre os motivos atribuídos para a queda da popularidade de Obama, estão as preocupações com a economia norte-americana e uma queda no apoio dos republicanos ao presidente dos EUA.

 

A pesquisa também indica que existem motivos de preocupação para Obama, que pressiona o Congresso a aprovar neste ano a reforma do sistema de saúde. Apenas duas a cada dez pessoas acreditam que a qualidade dos seus planos privados de saúde irá melhorar com a reforma defendida por Obama.

 

"Você não pode aprovar uma reforma substancial na saúde a menos que as pessoas que têm planos privados acreditem que ela trará benefícios", disse Bill McInturff, um pesquisador republicano que conduziu a sondagem com o pesquisador democrata Peter D. Hart.

Tudo o que sabemos sobre:
Barack ObamaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.