Arábia Saudita prende 28 militantes da Al Qaeda

As forças de segurança sauditas prenderam28 militantes da Al Qaeda suspeitos de planejar "atoscriminosos" no reino, informou no domingo a agência oficial denotícias. Os suspeitos foram detidos em Meca, Medina, Riad e em umaárea próxima da fronteira ao norte do país, segundo uma fontedo Ministério do Interior citada pela agência. "O interesse(público) exige que os outros detalhes sejam guardados nestemomento", acrescentou. O canal saudita Al Arabiya informou na sexta-feira que asforças de segurança haviam detido um número não determinado demilitantes da Al Qaeda, que supostamente planejavam ataques nopaís durante a peregrinação muçulmana do Haj. Não estava claro se a informação era dos mesmos presos. A Arábia Saudita, monarquia aliada aos Estados Unidos eprincipal exportador mundial de petróleo, foi alvo de ataquesorquestrados por militantes ligados ao Al Qaeda em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.