Arrecadador de fundos de Hillary anuncia apoio a Obama

Consultor democrata diz que recursos da campanha do senador aumentarão quando ex-primeira-dama desistir

02 de junho de 2008 | 17h28

Um grande arrecadador de fundos para a campanha de Hillary Clinton disse que correrá para apoiar Barack Obama uma vez que, segundo ele, o senador finalmente conseguiu a indicação presidencial democrata. Noah Mamet disse que o senador democrata poderá gastar mais de US$ 500 milhões nas eleições gerais, informa o jornal Financial Times em sua edição online nesta segunda-feira, 2.   Veja também: Bill insinua desistência de Hillary Clinton Obama perde em Porto Rico, mas prepara celebração Conheça a trajetória dos candidatos Cobertura completa das eleições nos EUA  Acompanhe a disputa entre os pré-candidatos    Obama arrecadou cerca de US$ 240 milhões até agora. Parte dessa cifra se deve a sua campanha pela internet, que atraiu doações individuais de mais de 1,5 milhão de pessoas. Mamet, consultor e arrecadador dos democratas, que já organizou eventos para Hillary em Los Angeles, disse ao Financial Times que as finanças de Obama aumentarão graças a Hillary, quando ele conseguir a nomeação da legenda.   "Quase todos (os doadores de Hillary) irão apoiar Obama, afirmou, acrescentando que a campanha online do senador por Illinois ainda deve atingir todo o seu potencial. "80% das pessoas que contribuiram (via internet) não chegaram perto do valor máximo" de doação, explicou Mamet.   Ele espera que os fundos de Obama aumentem durante a convenção democrata. "Hillary levantou US$ 10 milhões em 48 horas na noite das primárias de Texas e Ohio, e os eventos não foram televisionados em TV aberta, foi pela TV a cabo". "Quando você tem toda a mídia mundial na convenção, ele poderá levantar US$ 50 milhões", avaliou, segundo o Financial Times.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.