Artefato era amador, mas potencialmente letal

Se detonada, bomba poderia criar ter criado uma bola de fogo e matado pedestres, diz polícia local

AP

02 Maio 2010 | 15h30

A evacuação da Times Square por 10 horas após a denúncia de um veículo suspeito se deu por medo de um evento "muito mortal", afirmou neste domingo o prefeito Michael Bloomberg. "Ela (a bomba) certamente poderia ter explodido e ter tido um grande incêndio incêndio, além de um impacto de explosão considerável."

 

 

A bomba parecia estar começando a detonar, mas estava com mal funcionamento, disse Paul Browne, porta-voz da polícia. Bombeiros e testemunhas disseram ter ouvido um barulho de estouro dentro do veículo. Bloomberg chamou o dispositivo de "amador", mas potencialmente mortal, acrescentando: "Fomos muito sortudos".

 

 

O esquadrão de bombas da polícia de Nova York disse que já viu dispositivos sofisticados antes e que o do atentado de Times Square era rude, disse Browne. "Mas, no entanto, letal". Se fosse detonada de forma correya, poderia criar uma grande bola de fogo e espalhado projéteis - metal dos tanques de propano e partes de carro - que poderiam ter matado pedestres nos arredores. "Acho que a intenção era causar uma bola de fogo significativa", completou Browne.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.