Asilo em forma de suástica deve passar por reforma nos EUA

Edifício construído na década de 1970 provoca protestos de ativistas judeus, que exigem mudanças na obra

Associated Press,

14 de março de 2008 | 09h56

Aparentemente, o asilo metodista Wesley Acres, no Estado americano do Alabama, parece como qualquer outro prédio. Porém, para quem o observa de cima, sua forma é claramente de uma grande suástica. Por conta de protestos de ativistas judeus, a agência que administra o prédio mantido pelo governo planeja alterar a planta do edifício. Foto: Associated Press As alterações foram programadas alguns anos depois de uma outra modificação no prédio, que custou mais de US$ 1 milhão, por exigência semelhante de um senador americano. "A dificuldade é que existe um número limitado de opções para alterações", disse Mike Giles, representante da organização metodista que administra o lar para idosos no Alabama e na Flórida. "Temos que arrumar a aparência de modo que não provoque danos para os nossos residentes". Wesley Acres abriga 117 pessoas acima de 62 anos com subsídio do governo americano. O prédio, desenhado na metade da década de 1970 e cuja construção foi finalizada em 1980, já passou por uma alteração em 2001 bancada pelo Departamento de Desenvolvimento Urbano, por exigência do senador democrata Howell Heflin, mas que não esconderam a forma ofensiva da construção.

Tudo o que sabemos sobre:
SuásticaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.