Astronautas farão caminhada espacial para substituir bomba de refrigeração

Dois astronautas da Nasa flutuavam fora da Estação Espacial Internacional nesta terça-feira para uma segunda e última caminhada espacial para reparar o crítico sistema de refrigeração do posto avançado.

IRENE KLOTZ, Reuters

24 de dezembro de 2013 | 14h28

Os engenheiros de vôo Rick Mastracchio e Mike Hopkins deverão gastar cerca de 6 horas e meia fora da estação para instalar uma nova bomba ao sistema de refrigeração de amônia. Uma unidade quebrada foi removida durante uma caminhada espacial no sábado.

"Vamos começar a trabalhar", disse Hopkins ao sair da estação pouco antes das 10h00 (horário de Brasília), a 418 quilômetros acima da Mongólia.

A caminhada espacial foi transmitida ao vivo pela NASA Television.

O lado norte-americano da estação espacial de 100 bilhões dólares, que inclui laboratórios japoneses e europeus, está sem metade de seu sistema de refrigeração desde 11 de dezembro, quando uma válvula falhou dentro de uma bomba.

A tripulação de seis membros nunca esteve em perigo, mas ambos sistemas de refrigeração são necessários para irradiar calor dos módulos e laboratórios da estação.

Tudo o que sabemos sobre:
EUANASAESTACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.