Ataque de avião não-tripulado dos EUA deixa 5 mortos no Paquistão

Agressão americana ao longo da fronteira entre Afeganistão e Paquistão são uma das principais armas de Washington na luta contra o terrorismo na região

Efe,

16 de março de 2011 | 04h05

ISLAMABAD - Pelo menos cinco pessoas morreram nesta quarta-feira, 16, em um ataque com mísseis de um avião não-tripulado americano em um reduto talibã na fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão, informou o canal televisivo Express.

 

O ataque aconteceu na demarcação do Waziristão do Norte, a mais castigada por este tipo de ações americanas.

 

Os ataques com mísseis de aviões não-tripulados americanos ao longo da fronteira entre Afeganistão e Paquistão são uma das principais armas de Washington na luta contra o terrorismo na região.

 

No ano passado, foram mais de 100, mas o programa foi paralisado no fim de janeiro durante três semanas, após a detenção, na cidade de Lahore, de um contratista que trabalha para a espionagem americana e que matou dois motoristas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.