Ativista é preso em manifestação perto de reunião do FMI

Um manifestante foi preso neste sábado durante um confronto rápido entre polícia e ativistas nas proximidades da reunião semestral do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, relataram testemunhas.

REUTERS

25 de abril de 2009 | 17h04

O incidente ocorreu perto da Universidade George Washington, a alguns blocos de onde ministros da Economia e autoridades se reuniam para discutir a recessão global.

A polícia atirou spray de pimenta contra o grupo de cerca de cem manifestantes. O conflito durou alguns minutos, disse uma testemunha.

O Global Justice Action, uma entidade local, está organizando ações no decorrer deste fim de semana para protestar contra as políticas globais relacionadas à crise econômica.

O FMI e o Banco Mundial são instituições criadas depois da Segunda Guerra Mundial para garantir a estabilidade da economia global.

(Reportagem de Nancy Waitz)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAATIVISITAPRESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.