Ator Fred Thompson entra na corrida pela Casa Branca

Ex-senador republicano anunciou oficialmente sua pré-candidatura à Presidência.

BBC Brasil, BBC

06 de setembro de 2007 | 03h05

O veterano ator de Hollywood e ex-senador Fred Thompson anunciou oficialmente sua pré-candidatura à Presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano."Estou concorrendo a presidente dos Estados Unidos", disse Thompson em uma entrevista gravada para o programa de TV Tonight Show with Jay Leno, que foi ao ar na noite desta quarta-feira nos Estados Unidos.O anúncio de Thompson já era esperado. Com a confirmação de seu nome, sobe para nove o número de candidatos já declarados a uma indicação do Partido Republicano para as eleições presidenciais de 2008.Thompson, de 65 anos, já foi senador pelo Estado do Tennessee, mas é mais conhecido por sua carreira no cinema e na TV. Seu último papel foi o de um promotor no seriado de TV Law and Order.Segundo Rajesh Mirchandani, correspondente da BBC em Washington, muitos acreditam que o novo candidato tem boas chances de obter a indicação republicana.Outro correspondente da BBC em Washington, Justin Webb, afirma que Thompson é muito popular na ala mais à direita do partido e é considerado um novo Ronald Reagan (ex-presidente americano que também era ator).Thompson é conhecido por suas posições conservadoras em questões como aborto e controle de armas. É também conhecido por apoiar a presença de tropas americanas no Iraque.O anúncio de Thompson já teve repercussão no debate entre os pré-candidatos republicanos realizado na noite desta quarta-feira no Estado de New Hampshire e transmitido pela TV.Alguns rivais de Thompson no partido foram sarcásticos em relação a sua entrada tardia na corrida presidencial."A única pergunta que eu tenho para o senador Thompson é: Por que a pressa? Por que não esperar um pouco mais?", disse Mitt Romney, ex-governador de Massachusetts. "Talvez mesmo janeiro ou fevereiro seja uma época melhor para tomar uma decisão final sobre a participação nesta corrida."Até agora, Romney e o ex-prefeito de Nova York Rudy Giuliani lideram as preferências no Partido Republicano.Outro pré-candidato republicano, o ex-governador do Arkansas Mike Huckabee, disse: "Eu fui escalado para o programa de Jay Leno esta noite, mas cedi meu lugar para outra pessoa, porque eu prefiro estar aqui em New Hampshire".Às vésperas da divulgação do esperado relatório do comandante militar americano no Iraque, general David Petraeus, sobre o progresso da presença americana no país, a guerra foi o assunto dominante no debate.Muitos dos pré-candidatos republicanos manifestaram apoio à estratégia do presidente George W. Bush de aumentar a presença de tropas americanas no Iraque e rejeitaram a idéia de uma retirada antecipada.Nos próximos meses, a campanha para as eleições de 2008 deve ficar mais intensa.Em janeiro, começa a temporada de primárias, nas quais cada Estado escolhe seu candidato do partido para concorrer à Presidência.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.