Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Auditoria aponta erros na lista de suspeitos de terrorismo do FBI

Segundo análise, agentes da agência não consultam seus superiores, impedindo uma revisão precisa dos dados

Efe,

17 de março de 2008 | 20h58

A Polícia Federal Americana (FBI, na sigla em inglês) cometeu erros durante três anos na lista que mantinha sobre os supostos terroristas diante da precisão dos dados, constatou uma auditoria divulgada nesta segunda-feira, 17. A auditoria indicou que entre janeiro de 2005 e novembro de 2007, a agência processou um total de 8.240 nomes que foram selecionados para ser incluídos na lista. Segundo o estudo, o problema é que os agentes do órgão, dentro e fora dos Estados Unidos, não consultam seus superiores em Washington, o que impossibilitava uma revisão precisa das informações. O inspetor geral do Departamento de Justiça, Glenn Fine, destacou os problemas com FBI numa auditoria sobre como a agência federal interpreta os dados da inteligência sobre os 8 mil nomes de supostos terroristas. Segundo a análise, o FBI conta com recursos e controles necessários para incorporar dados fidedignos à lista, utilizada por diversas agências federais e aéreas para frear a entrada nos EUA. Fide declarou que o FBI não tem feito um bom trabalho na hora de atualizar a lista, seja pra incluir novos dados ou eliminar pessoas que não representam uma ameaça à segurança nacional. O sub diretor da agência, John Miller, afirmou em nota que o FBI tomou medidas para corrigir os problemas identificados no sistema, e que esse processo pode demorar pelo menos seis anos para ser concluído. Miller disse que o FBI mantém seu compromisso de "trabalhar com o Departamento de Justiça para incrementar a coordenação e a segurança do país." Para grupos como a União Nacional de Liberdades Civis dos Estados Unidos (ACLU), que durante anos criticou o propósito e o alcance da lista do governo, a auditoria confirma a carência em seu devido controle.

Tudo o que sabemos sobre:
FBIlista de terroristasEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.