Autoridades não encontraram explosivos no voo 633

Os comissários acreditavam que o homem detido iria incendiar seu sapato

Reuters

08 de abril de 2010 | 04h51

Autoridades dos Estados Unidos não encontraram explosivos nos sapatos de uma homem qatariano preso depois que um voo da United Airlines pousou sem problemas em Denver, após um incidente suspeito.

 

A Administração de Segurança no Transporte dos Estados Unidos declarou em um comunicado que está "observando o incidente que ocorreu a bordo do voo 633 (...) logo após receber informações sobre o ocorrido que um Comissário Federal Aéreo respondeu a um passageiro que possivelmente provocou um distúrbio no avião".

 

A ABC News, havia informado que comissários aéreos dos Estados Unidos retiveram um diplomata qatariano que, segundo eles, tentou 'incendiar seus sapatos' a bordo do voo 633.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.