Avalanches matam duas pessoas nos Estados Unidos

Duas avalanches, num intervalo de menos de duas horas, mataram duas pessoas nesta semana no oeste de Wyoming (EUA), disse uma autoridade florestal norte-americana no sábado.

Reuters

29 de dezembro de 2013 | 12h57

O esquiador Michael Kazanjy, de 29 anos, ficou soterrado sob 122 cm de neve na quinta-feira, disse Bob Comey, diretor do Centro de Avalanches da Floresta Nacional de Bridger-Teton, nos Estados Unidos.

A outra vítima, Rex J. Anderson, de 39 anos, pilotava um snowmobile (moto para neve), quando foi atingido por outra avalanche menos de duas horas depois.

Anderson estava com um grupo de pessoas e foi pego por um deslizamento com 91 metros de extensão, ficando soterrado sob uma camada de 1,8 metro de neve. Segundo Comey, ele foi retirado em menos de dez minutos, mas acabou morrendo.

Comey afirmou que as condições não eram especialmente perigosas na quinta-feira, quando as mortes aconteceram. O centro divulga informações detalhadas sobre a situação da neve.

"Nossa missão é fornecer às pessoas as informações necessárias", afirmou ele. "Não temos controle sobre a decisão das pessoas."

(Reportagem por Kevin Murphy)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAVALANCHES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.