Aviador recordista continua desaparecido nos EUA

Equipes de resgate continuam as buscas pelo milionário Steve Fossett no Estado de Nevada

Agências internacionais,

05 de setembro de 2007 | 09h37

Familiares e admiradores do milionário Steve Fossett mantinham nesta quarta-feira, 4, a esperança de que os nervos de aço e a experiência do aventureiro o ajudariam a sobreviver enquanto equipes de resgate procuram pelo avião em ele desapareceu. Fosset viajava na segunda-feira em uma região desértica e de escarpadas montanhas no Estado americano de Nevada. O avião pilotado pelo aventureiro na ocasião do desaparecimento - um Bellanca Citabria Super Decathlon - voava com um localizador programado para enviar um sinal via satélite em caso de pouso forçado, mas nenhum sinal desse tipo foi recebido até o momento. No momento do desaparecimento, Fossett analisava leitos secos de lagos no oeste de Nevada. Aparentemente, o aventureiro procurava um lugar para buscar um novo recorde mundial de velocidade terrestre. "Steve é muito experiente. Suspeito que nesse momento ele esteja esperando alguém ir buscá-lo", comentou Richard Branson, o bilionário britânico que ajudou a financiar muitas das aventuras de Fossett. "Baseado no histórico dele, estou confiante de que teremos boas notícias em breve", prosseguiu. Fossett foi o primeiro aviador do mundo a dar a volta na Terra em 67 horas sem reabastecer a aeronave que pilotava, um Virgin Atlantic GlobalFlyer. Em 2002, ele também se tornou a primeira pessoa do planeta a circunavegar sozinho o globo em um balão.

Tudo o que sabemos sobre:
Steve Fossett

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.