Avião dos EUA não-tripulado cai em área tribal do Paquistão

Os aviões-espião não tripulados costumam voar a pouca altura antes de atacar com mísseis alvos insurgentes

EFE

25 de janeiro de 2010 | 03h04

Um avião americano não-tripulado caiu nas áreas tribais do noroeste do Paquistão, confirmaram fontes oficiais citadas nesta segunda-feira por diferentes canais de televisão, embora os talibãs disseram tê-lo derrubado.

 

O fato aconteceu na noite passada na zona de Hamzoni, situada na região tribal do Waziristão do Norte, afirmaram vários aldeões, que disseram ter visto entre cinco e sete aparelhos sobrevoando a região.

 

Fontes oficiais da demarcação confirmaram ao canal "Geo TV" que um deles caiu em algum ponto da parte paquistanesa da fronteira, mas não puderam dizer a causa do acidente.

 

Os aviões-espião não tripulados costumam voar a pouca altura antes de atacar com mísseis alvos insurgentes, embora as fontes tenha afirmado que nesta ocasião suas operações podem ter sido dificultadas pelo céu encoberto na região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.