Avião dos EUA perde o destino porque pilotos se distraíram

Um voo da Northwest Airlines com 144 passageiros, que vinha de San Diego rumo a Minneapolis, perdeu contato com os controladores aéreos por mais de uma hora e passou seu destino em 241 quilômetros, disseram autoridades nesta quinta-feira.

REUTERS

22 de outubro de 2009 | 21h12

A Agência Nacional de Segurança nos Transportes disse que os dois pilotos do voo 188, um Airbus A320, disseram às autoridades depois de pousar na noite de quarta-feira que se distraíram durante "uma acalorada discussão sobre política da empresa aérea".

A agência disse nesta quinta-feira que iria rever as informações de voo do avião e a gravação de vozes e entrevistar os pilotos. Entre outras questões, os investigadores vão explorar a fadiga da tripulação para ver se os pilotos estavam cansados.

A Northwest é propriedade da Delta Air Lines. A investigação pode demorar vários meses para ser concluída.

O avião estava voando a mais de 11 mil metros de altitude quando perdeu contato no rádio entre 20h e 21h15.

O vôo 188 estava 241 quilômetros além do destino final quando a tripulação restabeleceu as comunicações e pediu permissão para dar meia-volta, disseram as autoridades.

A polícia do aeroporto subiu a bordo do avião em Minneapolis para garantir que não se tratava de um sequestro ou outra atividade criminosa, disse um porta-voz do Aeroporto Minneapolis-St Paul.

Os militares ficaram em alerta durante todo o incidente e puseram caças de prontidão.

(Reportagem de John Crawley em Washington, Karen Jacobs em Atlanta e Andrew Stern em Chicago)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAVIAODESVIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.