Avião não mergulhou, mas caiu 'de barriga' sobre casa nos EUA

O aparelho também estava apontando na direção oposta do aeroporto onde deveria ter pousado; há 50 mortos

14 de fevereiro de 2009 | 21h06

Um investigador disse que o avião que destruiu uma casa no Estado de Nova York na verdade desdecu "de barriga" sobre ela, e apontava na direção oposta do aeroporto onde deveria descer. Cinquenta pessoas morreram no desastre, 49 a bordo e uma no interior da casa. Steve Chealander disse que voo 3407 Continental Connection não mergulhou na casa, como se imaginava antes, mas que desceu com a barriga sobre ela.   Veja também:  Viúva do 11/09 é uma das vítimas  Assista ao vídeo do acidente no YouTube   Ouça o último contato do avião    Veja galeria de fotos    Chealander declarou que o voo de Jersey a Buffalo estava liberado para pousar numa pista que apontava para o sudoeste, mas acidentou-se com o nariz apontando para noroeste.   Ele também afirmou que a natureza catastrófica do acidente fará com que a remoção dos restos humanos do local leve de três a quatro dias.   A tripulação do avião, que caiu na madrugada de sexta-feira, comentou antes do acidente que havia um "significativo acúmulo de gelo" nas asas e no para-brisas do aparelho.

Tudo o que sabemos sobre:
acidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.