Aviões de seguradora dos EUA exibem número para pedidos pós-Sandy

A State Farm, maior seguradora de residências e automóveis dos EUA, disse que vai começar a sobrevoar, com dois aviões, as áreas afetadas pela supertempestade Sandy neste sábado, puxando faixas com o número de telefone da empresa.

Reuters

03 de novembro de 2012 | 17h15

Os aviões vão voar do amanhecer ao entardecer, um na área da grande Nova York e o outro na costa de Nova Jersey.

A seguradora já recebeu quase 76 mil pedidos de indenização nesta que ela acredita ser o segundo pior desastre climático na história do país, depois do furacão Katrina em 2005.

A Federação dos Consumidores da América disse que haverá centenas de milhares de pedido de seguro devido à tempestade Sandy e que levaria semanas para que proprietários de casas ou inquilinos com telhados danificados ou porões cheios de água pudessem receber a visita de um perito das seguradoras.

Combustíveis for entregue para as vítimas dos desastre neste sábado enquanto os prédios que compõem a vista do sul da ilha de Manhattan foram iluminados pela primeira vez desde que a Costa Leste dos EUA foi atingida pela tempestade.

(Reportagem de Michael Hirtzer em Chicago)

Tudo o que sabemos sobre:
EUASANDYSEGURADORA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.