Bilionário do Texas Harold Simmons morre aos 82 anos

O bilionário Harold Simmons, um dos homens mais ricos nos Estados Unidos e um dos principais doadores do Partido Republicano, morreu no estado do Texas, aos 82 anos de idade.

Reuters

30 Dezembro 2013 | 13h34

A morte, confirmada em comunicado do governador do Texas, Rick Perry, foi divulgada inicialmente no site do Dallas Morning News, que informou que Simmons morreu no sábado no Centro Médico da Universidade de Baylor, em Dallas.

A esposa do bilionário, Annette, disse ao jornal que Simmons ficou "muito doente nas duas últimas semanas", e na Unidade de Terapia Intensiva nos últimos oito dias. Ela não forneceu uma causa específica para a morte.

Simmons, atualmente listado como o número 40 na lista dos 400 americanos mais ricos da Forbes, canalizou milhões de dólares para campanhas republicanas com vistas a derrotar o presidente Barack Obama no ano passado.

Considerado um dos doadores mais agressivos do Partido Republicano em 2012, aproveitou novas regras que colocam alguns limites nas contribuições de indivíduos e corporações ricos a grupos políticos.

Embora nunca tenha concorrido a um cargo, Simmons moldou profundamente o curso da política presidencial em 2004, quando um de seus negócios rendeu 3 milhões de dólares ao grupo Veteranos Swift Boat para a Verdade, o que ajudou a minar o democrata John Kerry, atacando seu recorde na Guerra do Vietnã.

Pioneiro da aquisição alavancada, Simmons e sua holding, Contran Corp , foram os maiores financiadores da tentativa frustrada de Perry de concorrer à presidência.

(Reportagem de Tom Brown)

Mais conteúdo sobre:
EUABIOLNARIOMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.