Kathy Willens/AP
Kathy Willens/AP

Bill Clinton deixa hospital após passar por cirurgia no coração

Estado de saúde do ex-presidente na noite da quinta era 'excelente' e não havia risco de infarte, diz médico

Reuters,

12 de fevereiro de 2010 | 11h00

O ex-presidente dos EUA Bill Clinton deixou o hospital de Nova York, onde estava desde a tarde da quinta-feira, após passar por uma cirurgia bem sucedida no coração, informou nesta sexta-feira, 12, aum ex-membro do Partido Democrata.

 

Terry McAuliffe, ex-presidente da Comissão Nacional Democrata, disse à emissora de televisão CBS que Clinton, de 63 anos, já deixou o Hospital Presbiteriano de Nova York. "Ele saiu do hospital e está no carro, a caminho de casa", disse McAuliffe. Clinton mora em Chappaqua, cerca de 55 quilômetros ao norte de Nova York. "E se eu conheço o presidente Clinton, ele já está no telefone, pedindo às pessoas que ajudem o Haiti", comentou o amigo.

 

Clinton, de 63 anos, foi submetido a uma operação na noite da quinta-feira para desobstruir uma artéria bloqueada que estava causando mal estar em seu peito. O ex-mandatário, enviado especial da ONU para o Haiti, já havia passado por uma cirurgia semelhante em 2004.

 

No final da noite da quinta-feira, o médico responsável por Clinton havia dito que a cirurgia, que durou pouco mais de uma hora, foi tranquila e que o estado de saúde do ex-presidente era "excelente". "O diagnóstico é excelente", disse o doutor Alan Schwartz no hospital Presbiteriano de Manhattan, garantindo que "não houve indício algum" de que o antecessor de George W. Bush sofresse um ataque de coração.

Tudo o que sabemos sobre:
ClintonEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.