Paul Faith/Efe
Paul Faith/Efe

Bill Clinton é o político preferido dos americanos, diz pesquisa

Índice de popularidade do ex-presidente é de 55%, contra 23% que não o aprovam

Efe,

29 de setembro de 2010 | 19h58

NOVA YORK- O ex-presidente Bill Clinton é a figura política mais popular dos Estados Unidos, o que representa um considerável aumento de popularidade desde que deixou a Casa Branca em 2001, segundo uma pesquisa.

 

A enquete foi realizada pelo The Wall Street Journal em conjunto com a rede de televisão NBC, e ouviu mil americanos. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais.

 

Dos americanos ouvidos pela pesquisa, 55% declararam ter uma visão positiva do ex-presidente, que governou por dois mandatos, enquanto 23% da população disse ter uma visão negativa de Clinton.

 

Quando deixou a presidência, no início de 2001, afetado pelo escândalo gerado por sua relação com a estagiária da Casa Branca Monica Lewinsky, apenas 34% dos americanos tinha uma visão positiva de Clinton, enquanto a percentagem de insatisfeitos era de 52%.

 

Já o governo do atual presidente americano, Barack Obama, foi criticado por 41% dos americanos ouvidos pela pesquisa, enquanto 47% têm uma opinião positiva a seu respeito.

 

Quase metade dos americanos desaprova a forma como ele está conduzindo o governo, contra 46% que o aprova como presidente. Já para 54% da população ele não está administrando bem a economia, enquanto 42% se disse favorável às medidas econômicas de Obama.

 

Em relação à ex-candidata à vice-presidência do Partido Republicano, Sarah Palin, a pesquisa revela que ela agrada a 30% dos americanos, contra 48% que não têm uma opinião favorável sobre ela.

 

Essas porcentagens não variaram muito em relação à pesquisa realizada em dezembro de 2008, um mês depois da vitória de Obama nas eleições presidenciais.

 

Os resultados da pesquisa evidenciam a forte popularidade da ex-governadora do Alasca entre os americanos, que foram mais favoráveis a ela que a outros políticos do país.

Tudo o que sabemos sobre:
Bill ClintonpolíticoBarack ObamaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.