Reuters
Reuters

Bill Clinton será nomeado enviado especial da ONU ao Haiti

Ex-presidente dos EUA é popular entre haitianos porque ajudou a derrubar ditadura quando estava no poder

Agência Estado e Associated Press,

18 de maio de 2009 | 20h05

Bill Clinton será nomeado enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) do Haiti, afirmou nesta segunda-feira um porta-voz do ex-presidente americano. Matt McKenna, o porta-voz de Clinton, afirmou nesta segunda-feira, 18, à agência Associated Press que o anúncio oficial deverá ser feito na terça pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

 

Clinton é relativamente popular entre os haitianos porque, em 1994, quando era presidente dos Estados Unidos, usou a força militar para derrubar uma ditadura recém-instalada no país caribenho. Forças americanas entraram em ação para permitir o retorno do presidente democraticamente eleito Jean-Bertrand Aristide, que havia sido derrubado em um golpe.

 

O Haiti é o país mais pobre das Américas e é palco de instabilidade política e social há décadas.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.