Bloqueio da Casa Branca por explosão foi causado por carrinho de comida em chamas

Um bloqueio da Casa Branca provocado por um barulho de explosão momentos antes de o presidente norte-americano Barack Obama e sua família partirem da residência foi causado por um carrinho de comida em chamas em uma rua próxima, afirmou o Serviço Secreto neste sábado.

REUTERS

07 Março 2015 | 18h20

O alerta de segurança ocorreu pouco antes de Obama e sua família partirem de helicóptero para a base aérea de Andrews para viajar no Força Aérea Um a Selma, no Alabama, para comemorar os 50 anos da marcha de direitos civis.

A família acabou viajando de carro ao invés de helicóptero para a base aérea.

O porta-voz do Serviço Secreto Brian Leary disse que o fogo foi contido e que um veículo próximo à Casa Branca foi investigado e liberado.

Diversas ruas próximas à Casa Branca foram fechadas por algumas horas, mas acabaram sendo reabertas. Passeios na Casa Branca também foram interrompidos, mas também foram retomados no final da manhã, após o veículo identificado ter sido liberado, segundo o Serviço Secreto.

O carrinho de comida, que pertencia a uma família coreana de Virginia que não fala inglês, foi completamente destruído pelo fogo, de acordo com um repórter da Reuters no local.

(Reportagem de Jeff Mason)

Mais conteúdo sobre:
EUA CASABRANCA ESTRONDO ATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.