Buldogue francês e filhotes avaliados em US$80 mil são furtados nos EUA

Ao retornar da festa de Ano Novo em Nova York, um morador de Miami descobriu que seu buldogue e duas ninhadas de cachorrinhos, no valor de 80.000 dólares, tinham sido furtados de sua casa, disse a polícia.

Reuters

03 de janeiro de 2014 | 19h48

Segundo o proprietário Marcelo Cicuta, os cachorros desaparecidos incluem El Che - assim batizado em referência ao revolucionário cubano-argentino Che Guevara -, ganhador de prêmios no festival canino do Westminster Kennel Club em 2010 e no French Bulldog Club of America National Specialty Show em 2009.

Enquanto Cicuta celebrava o Ano Novo num canil de um amigo, ladrões arrombaram sua casa e provavelmente usaram uma fronha para levar os cachorros embora, de acordo com a polícia.

Os 15 filhotes têm entre 16 e 27 dias, disse Cicuta nesta sexta-feira. Duas cadelas mais velhas e uma terceira cria, de cinco cachorrinhos, não foram levados.

O buldogue francês, a terceira raça de cães mais furtada nos Estados Unidos, de acordo com o Clube de Canil Americano, podem valer 2.500 dólares cada um.

A polícia estimou o valor de El Che em 50.000 dólares e o de seus filhotes em 30.000. Mas o valor do cão é bem inferior se ele não tiver os documentos provando seu pedigree, informou o clube.

(Reportagem de Zachary Fagenson)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACAESROUBADOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.