Bush agradece ajuda japonesa contra o terrorismo

"O Japão presta um serviço vital não só aos Estados Unidos, mas também a outros países, reabastecendo nossos navios", destacou o presidente dos Estados Unidos.

EFE

08 de setembro de 2007 | 04h41

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, destacou neste sábado o importante apoio oferecido pelo Japão às operações antiterroristas americanas, com a sua missão de reabastecimento no oceano Índico. "Quero agradecer ao primeiro-ministro, a seu Governo e ao povo japonês pela sua contribuição na guerra contra o terrorismo", disse Bush, numa breve declaração conjunta com o chefe de Governo do Japão, Shinzo Abe. Os dois se reuniram em Sydney, onde participam da cúpula do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec). "O Japão presta um serviço vital não só aos Estados Unidos, mas também a outros países, reabastecendo nossos navios", destacou. Abe se comprometeu a fazer o possível para garantir a continuidade da missão. Ele vai apresentar um projeto para prorrogar a vigência da lei antiterrorista, que expira em novembro. Mas vai enfrentar a oposição do Partido Democrata do Japão (PDJ). A lei autoriza o envio de embarcações japonesas ao oceano Índico para oferecer apoio nas operações antiterroristas americanas.  O governante japonês disse que o encontro serviu para reforçar a "insubstituível" aliança entre os dois países. E afirmou ainda que Japão e EUA vão cooperar para encontrar uma solução para o problema da mudança climática.

Tudo o que sabemos sobre:
TerrorismoEUABush

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.