Bush alivia restrição a envio de equipamentos à China

Restrições sobre a venda de armas ede outros equipamentos para a China foram aliviadas nasegunda-feira para que atletas e equipes de TV possam usá-losdurante os Jogos Olímpicos de Pequim. O presidente norte-americano, George W. Bush, enviou umanotificação ao Congresso para informar sobre a mudança nasregras em favor dos atletas do país que participam dascompetições de tiro. Bush também diminuiu as restrições sobre os giroscópiosmilitares presentes nas câmeras de alta definição, usadas porequipes de TV dos EUA. "A exigência de licenciamento continua a vigorar para essesprodutos, o que significa que cada caso precisa ser analisado eaprovado pelo governo norte-americano", afirmou Bush na cartaenviada ao Congresso. Segundo o presidente, os equipamentos deveriam regressaraos EUA depois da competição, que devem ocorrer entre os dias 8e 24 de agosto, na capital chinesa. As leis norte-americanas limitam a exportação para a Chinade certos equipamentos e tecnologia que poderiam ser usadospara fins militares. (Reportagem de Jeremy Pelofsky)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.