Bush convoca exilada cubana para seu discurso no Congresso

A mãe de um jornalista cubano presopor discordar do regime será levada na segunda-feira pelopresidente dos EUA, George W. Bush, para seu discurso noCongresso, como forma de ilustrar seus argumentos pelalinha-dura em relação a Havana. A cubana Blanca González, que recebeu asilo nos EUA em2002, será convidada da primeira-dama Laura Bush ao discurso doEstado da União, o último do atual governo. González era ativista de direitos humanos em Cuba e é mãede Normando Hernández, jornalista independente preso em 2003,durante uma onda de repressão a dissidentes, e posteriormentecondenado a 25 anos de prisão. Ativistas dizem que Hernández, de 38 anos, tem a saúdeprecária devido a um distúrbio gastrointestinal. A Casa Branca diz que o jornalista foi preso por "noticiaras condições dos serviços estatais em Cuba e por criticar aadministração pública de questões como turismo, agricultura,pesca e assuntos culturais." Bush, que mantém as sanções instituídas há décadas contraCuba, acusa o regime comunista de manter políticas repressivas. Mesmo afastado do poder há mais de um ano, por razões desaúde, o dirigente Fidel Castro continua lançando críticas aBush em artigos na imprensa estatal. Seu irmão Raúl presideinterinamente o país desde julho de 2006. (Reportagem de David Morgan)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.