Bush pai ganha prêmio por papel no fim Guerra da Fria

Ex-chanceler alemão Helmut Kohl também foi homenageado; prêmio coincide com os 60 anos da Otan

Efe,

30 de abril de 2009 | 03h06

O ex-presidente dos Estados Unidos George Bush e o ex-chanceler alemão Helmut Kohl (1982-1998) foram agraciados na quarta-feira pelo Conselho Atlântico por sua contribuição para o fim da Guerra Fria e a reunificação da Alemanha.

 

Bush governou os EUA entre 1989 e 1993, e Kohl esteve no poder de 1982 a 1998.

 

O prêmio coincide com o 60º aniversário este ano da criação da Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan), e o 20º aniversário da queda do Muro de Berlim.

 

O Conselho Atlântico, uma organização encarregada de estreitar os laços transatlânticos, homenageou também durante um jantar de gala o general americano David Petraeus, "por sua liderança militar", e o presidente de IBM, Samuel Palmisano, "por sua liderança empresarial na pesquisa e desenvolvimento do setor da comunicação, da tecnologia e da inovação".

 

Além disso, o barítono Thomas Hampson foi homenageado "por sua liderança artística".

Tudo o que sabemos sobre:
Guerra FriaBushEUAKohlOtan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.