Bush pede US$ 189 bi para guerras no Iraque e Afeganistão

O presidente dos Estados Unidos,George W. Bush, pediu na segunda-feira ao Congresso 189,3bilhões de dólares para as guerras do Iraque e do Afeganistão.A solicitação enfrenta o ceticismo de grande parte da bancadademocrata, interessada em abreviar os conflitos. A verba serviria para as operações militares cotidianas epara o ano fiscal de 2008, que começou em 1o de outubro,segundo fontes parlamentares. A Comissão de Orçamento da Câmara dissera neste mês que nãoiria nem analisar os pedidos orçamentários para as guerras atéo começo de 2008, e que a solicitação deveria ser vinculada aum plano para a retirada das forças dos EUA. Mas os deputados mantiveram em aberto a possibilidade deuma "ponte orçamentária" que mantivesse o fluxo de verbas. Ao anunciar o novo pedido, Bush conclamou o Congresso aaprová-lo rapidamente e sem pré-condições. "O Congresso nãodeveria ir passar as férias em casa enquanto nossas tropasainda estão esperando as verbas de que necessitam", afirmou ajornalistas durante evento com veteranos de guerra e parentesde militares mortos. O Pentágono havia pedido neste ano 141,7 bilhões de dólarespara a chamada "guerra global ao terrorismo". Em julho,aumentou o pedido em 5,3 bilhões de dólares, para comprar maisveículos antiminas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.