Bush tem cinco pólipos removidos do intestino; retoma poderes

O presidente dos EUA, George W.Bush, teve cinco pólipos detectados e removidos durante umexame de rotina de câncer colo-retal neste sábado, afirmou aCasa Branca. Eles eram pequenos e "nenhum parecia preocupante", disse oporta-voz da Casa Branca, Scott Stanzel, aos repórteres após acolonoscopia, realizada na residência presidencial de CampDavid, Maryland. Os pólipos serão submetidos a mais testes,afirmou. Às 8h16 (horário de Brasília), Bush, 61, invocou a Seção 3da 25a Emenda à Constituição dos EUA para transferir seuspoderes presidenciais voluntariamente ao vice-presidente, DickCheney, enquanto estivesse incapaz de realizar seus deveresdurante a colonoscopia. Ele retomou seus poderes às 10h21 (horário de Brasília),disse a Casa Branca. Cheney estava em sua casa em Maryland, emChesapeake Bay, segundo a Casa Branca. A emenda só havia sido invocada duas vezes antes nahistória dos EUA, uma delas por Bush, em 2002, para arealização do mesmo procedimento médico, durante duas horas, eoutra pelo então presidente Ronald Reagan, em julho de 1985,quando ele foi submetido a cirurgia contra o câncer colo-retal. A colonoscopia de Bush em 2002 não relevou nenhum problemamédico, mas ele teve pólipos benignos removidos do intestinoantes de tornar-se presidente, dois em julho de 1998 e dois emdezembro de 1999. (Reportagem de Jeremy Pelofsky)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.