Bush visita local de desabamento de ponte em Minnesota

Mergulhadores procuravam corpos nosdestroços da ponte que desmoronou no Mississipi, enquanto opresidente George W. Bush visitava neste sábado o local doacidente e prometeu agilizar a ajuda federal para areconstrução da ponte. Bush sobrevoou as ruínas da ponte por dez minutos dehelicóptero, depois vestiu um capacete laranja e um abrigo paracaminhar pelo que restou da ponte de 40 anos, enquanto chovia. Autoridades locais confirmaram a morte de cinco pessoas eque há sete desaparecidas após a queda da ponte naquarta-feira, mas as buscas prosseguem. "É muito cedo para sabermos quantas pessoas estãodesaparecidas ou mortas, estamos inseguros sobre quantaspessoas estão sob os escombros", disse o prefeito deMinneapolis, R.T. Ryback. Mergulhadores lutavam contra a correnteza em meio a ferrosretorcidos e blocos de concreto, em busca de carros submersosque caíram de mais de 20 metros. Parlamentares norte-americanos expressaram assombro sobreas condições deterioradas da infra-estrutura dos EUA. "Uma ponte não poderia simplesmente cair", disse a senadoraAmy Klobuchar, democrata de Minnesota, na quinta-feira. O Congresso formou uma comissão para analisar as pontes erepresas dos EUA. "Devemos tomar atitudes agora para assegurarque isso não aconteça novamente." Falando aos repórteres a partir do Air Force One, a caminhode Minnesota, a secretária de Transportes dos EUA, Mary Peters,disse que as pontes e estradas dos EUA são seguras, apesar demuitas delas terem mais de 50 anos. "Precisamos ter uma conversa importante sobre comofinanciar infra-estrutura no futuro", disse Peters. "Masimediatamente vamos cuidar da situação de Minnesota." A ponte era uma ligação vital sobre o rio Mississippi, amais usada em Minnesota, com cerca de 140 mil veículos passandopor ela todos os dias. "Nossa mensagem para as duas cidades é que nós queremosreconstruir a ponte o mais rápido possível", disse Bush ajornalistas. "Entendemos que essa é a principal artéria da vidaaqui." A reconstrução está estimada em cerca de 500 milhões dedólares, embora autoridades afirmem que 250 milhões de dólaresseriam suficientes, e que esse valor poderia ser aprovado nofinal deste sábado. Bush se encontrou com equipes de resgate e com familiaresdas vítimas, e falou com Gary Babineau, de 24 anos, de Blaine,Minnesota, que ajudou a retirar crianças de um ônibus escolarque estava na ponte. "Foi um acidente estranho", disse Babineau. "Eu não achoque alguém tenha falhado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.