Califórnia quer multar quem fumar em praias e parques

Proposta de senadora foi aprovada em primeira audiência; medida propõe punir infratores em US$ 250

Efe,

24 de março de 2009 | 19h35

Uma senadora do Estado da Califórnia propôs uma multa para quem fumar em praias e parques, o que, em sua opinião, além de trazer benefícios para a saúde, ajudará a reduzir a contaminação e o risco de incêndios. "A Califórnia tem várias das praias e parques entre os mais visitados do mundo, mas que estão sendo contaminados pelos cigarros, não só pela fumaça, mas porque muitas vezes os fumantes jogam o cigarro fora na areia", disse nesta terça-feira, 24, a senadora democrata Jenny Oropeza.

 

Segundo Jenny, 38% da poluição nas praias se devem aos cigarros. A senadora também alegou que nos últimos cinco anos mais de 100 incêndios florestais em Califórnia foram causados por cigarros. Sua proposta de lei passou nesta terça pela primeira audiência no Comitê de Recursos Naturais e Hidráulicos do Senado estadual, onde foi aprovada com sete votos a favor e dois contra.

 

A iniciativa propõe uma multa de US$ 250 para as pessoas que fumarem em praias e parques que sejam propriedade do Estado da Califórnia. "Os cigarros causam uma impacto negativo em nossa comunidade e no bem-estar dos que não fumam, mas que visitam nossas praias e parques para se divertir", assinalou Alicia Sánchez, da Sociedade Americana do Câncer.

 

Alguns senadores argumentaram contra a medida, dizendo que isto vai contra os direitos dos fumantes, em particular estrangeiros e turistas que visitam as praias e parques da Califórnia a cada ano. A senadora Jenny é também autora de uma lei californiana que proíbe fumar dentro de carros na companhia de um menor de idade.

Tudo o que sabemos sobre:
CalifórniaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.