Câmara dos EUA vota pelo enrijecimento de leis de ética

Projeto surge em meio a uma série de escândalos envolvendo republicanos

Reuters,

31 Julho 2007 | 13h29

A Câmara dos Deputados dos EUA, controlada pelo partido democrata, que assumiu o poder no ano passado em meio a uma série de escândalos envolvendo republicanos, aprovou nesta terça-feira, 31, uma legislação para endurecer as leis sobre ética e lobby no Congresso.As principais propostas da medida exigem maior transparência em relação a pequenos projetos que requerem grandes investimentos, proíbem o pagamento de pensões do congresso a advogados acusados por suborno e pede que sejam reveladas as doações arrecadadas por lobistas para a campanha dos membros do Congresso.A legislação agora será encaminhada para a aprovação no Congresso, onde alguns republicanos se posicionaram contra a nova lei, alegando que o projeto não aborda o assunto plenamente. Alguns representantes de grupos de defensoria pública, no entanto, insistem para a aprovação.

Mais conteúdo sobre:
EUALegislaçãoÉtica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.