Canadá eleva nível de ameaça de terrorismo e cita atividade islâmica

O Canadá elevou o seu nível de ameaça de terrorismo de baixo para médio por causa de um aumento na atividade de grupos radicais como o Estado Islâmico e a Al Qaeda, disse uma autoridade do governo nesta terça-feira.

REUTERS

21 de outubro de 2014 | 21h51

"Esse aumento não é resultado de uma ameaça específica", disse Jean-Christophe de Le Rue, porta-voz do ministro de Segurança Pública, Steven Blaney.

Um suposto militante canadense atropelou dois soldados em Québec na segunda-feira, matando um deles.

O porta-voz disse que o nível de ameaça de terrorismo foi elevado depois que os serviços secretos canadenses "indicaram que um indivíduo ou grupo dentro do Canadá ou no exterior tem a intenção e a capacidade de cometer um ato de terrorismo".

(Reportagem de David Ljunggren)

Tudo o que sabemos sobre:
CANADANIVELALERTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.