Cão surfa em prancha ao ser resgatado por surfista nos EUA

Americano surfava no Lago Michigan quando salvou cachorro que se afogava, colocando-o em sua prancha

Agências internacionais,

13 de setembro de 2007 | 20h00

Um surfista americano de 25 anos se jogou no Lago Michigan para salvar a vida de um cachorro que ia se afogar. Matt Smolenski colocou o cão em cima de sua prancha e o levou até de volta à margem do rio. O cachorro havia parado de nadar por exaustão física, quando Smolenski o agarrou pela coleira e colocou sobre a prancha. O Lago Michigan é um dos cinco Grandes Lagos da América do Norte, e o quinto maior lago de água doce do mundo. Apesar de muitos pensarem que lagos não podem render boas ondas, muitos surfistas vão praticar o esporte no Lago Michigan - principalmente com longboards (pranchas longas). Quando o clima fica mais pesado, o céu cinza e ameaça chover, é que os surfistas aprontam suas coisas e partem para o lago, como explicam sites pessoais de Surf na internet. "Noventa por cento das pessoas com que você falar não saberão que se pode surfar no Lago Michigan", afirma Ned Silverman, dono de uma loja de esportes no Estado americano em um desses sites. Para eles, o Lago Michigan pode não ser o Havaí, mas surfar no lago é melhor que não surfar. "Eu não acho que alguém acredite que surfar num lago é melhor que no oceano, mas é o que temos aqui", afirma Taylor, 50, surfista do local. "Ele colocou o cachorro na prancha, e ele surfou até à costa", disse Royce Rodgers, um policial do departamento local que testemunhou o resgate, ao jornal local The Muskegon Chronicle. Rodgers, que andava com seu próprio cachorro na margem, desistiu após ver o tamanho das ondas, disse que sempre via o cachorro e seu dono no local. "Eu vi o cachorro um milhão de vezes", disse. "Ele late para as ondas e depois pula pra trás quando elas chegam até a beirada". O dono do cachorro rapidamente agradeceu Smolenski com um "hi-5" (popular cumprimento americano) e foi embora. Ele então "foi embora tao rápido, que eu não consegui nem pegar o nome dele", disse Rodgers ao jornal.

Tudo o que sabemos sobre:
EUALago Michigan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.