Carta é enviada a Obama com substância suspeita, diz Serviço Secreto

Uma carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, com uma substância suspeita foi recebida no setor de triagem de correio da Casa Branca na terça-feira, disse o Serviço Secreto dos EUA nesta quarta-feira.

Reuters

17 de abril de 2013 | 13h03

O setor fica em local remoto, afastado da Casa Branca, disse o porta-voz Edwin Donovan em comunicado.

"Este setor rotineiramente identifica cartas ou encomendas que exigem uma segunda triagem ou testes científicos antes da entrega", disse Donovan.

"O Serviço Secreto está trabalhando em conjunto com a Polícia do Capitólio dos EUA e o FBI nesta investigação".

Na terça-feira, autoridades norte-americanas interceptaram uma carta enviada ao senador do Mississipi Roger Wicker que testes preliminares mostraram conter o veneno mortal rícino.

(Por Jeff Mason)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOBAMACARTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.