Cartão do Natal enviado em 1914 chega ao seu destino nos EUA

O cartão, datado de 23 de dezembro de 1914, tinha sido enviado a Ethel Martin, de Oberlin

EFE,

15 de dezembro de 2007 | 01h16

Um cartão do Natal com um desenho colorido de Papai Noel e uma menina, postado em 1914, acaba de chegar a seu destino na cidade americana de Oberlin (Kansas), depois de 93 anos perdido. O cartão, datado de 23 de dezembro de 1914, tinha sido enviado a Ethel Martin, de Oberlin. Supostamente, os remetentes eram seus primos em Alma (Nebraska), informou, neste sábado, a rede de televisão "CNN". "É um mistério onde esteve guardado o cartão do Natal durante boa parte do século passado. Não sei como foi encontrado", disse Steve Schultz, um carteiro de Oberlin. Ethel Martin nunca chegou a ler a mensagem de Natal de seus primos. Ela morreu antes de receber o cartão. O Serviço Postal dos Estados Unidos, porém, entregou o envelope a seus parentes. Foi assim que a relíquia de 93 anos chegou às mãos de Bernice Martin, cunhada de Ethel. Ela acredita que o cartão foi achado em algum lugar de Illinois. "Isso é tudo o que sabemos. Mas é curioso. Gostaria de saber como chegou lá", disse Martin. O cartão, acrescentou, foi entregue em perfeito estado. O cartão precisou ser posto em outro envelope com um selo válido para ser enviado a Oberlin. O original, de um cent, não era válido para o sistema de correio atual.

Tudo o que sabemos sobre:
RELÍQUIACARTÃO DE NATALEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.