Casa Branca alerta Síria sobre armas químicas

A Casa Branca alertou a Síria nesta terça-feira que será responsabilizada pela segurança no armazenamento e manipulação de qualquer arma química que estiver em mãos do país.

Reuters

17 de julho de 2012 | 11h59

O governo do presidente sírio, Bashar al-Assad, pode estar retirando algumas armas químicas de locais de armazenamento, segundo autoridades ocidentais e israelenses, mas não está claro se a operação é meramente por precaução com a segurança em meio ao caos causado pelo conflito na Síria ou se representa algo mais.

"Há algumas responsabilidades que caminham junto com a segurança no armazenamento e manipulação dessas armas químicas", afirmou o porta-voz da Casa Branca Josh Earnest, em viagem ao Texas a bordo do avião presidencial Air Force One, ao ser perguntado sobre as novas informações relativas ao estoque de armas químicas da Síria.

"Nós acreditamos que os indivíduos responsáveis por esse desafio devem fazê-lo e serão responsabilizados por cumpri-lo", afirmou. Ele disse, no entanto, que não poderia comentar nenhum relatório de inteligência específico sobre armas químicas da Síria.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Mais conteúdo sobre:
EUACASABRANCASIRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.