Casa Branca diz que Obama quer investimento do Congresso em fundo antiterrorismo

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quer que o Congresso injete dinheiro em um fundo de combate ao terrorismo para treinar e equipar parceiros em outros países para enfrentar extremistas, uma iniciativa que pode ser um componente fundamental de seus planos para combater o Estado Islâmico, disse a Casa Branca nesta segunda-feira.

REUTERS

08 de setembro de 2014 | 15h45

Obama acredita ter atualmente a autoridade que precisa para lidar com a ameaça que o Estado Islâmico representa aos cidadãos norte-americanos, afirmou o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

Mas, se Obama decidir expandir o escopo das operações militares no Iraque e na Síria, ele então vai determinar se precisa de autorização adicional do Congresso, segundo Earnest.

(Reportagem de Roberta Rampton)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.