Casa Branca pede fim da violência no Oriente Médio

EUA pedem retomada das negociações de paz, interrompidas por Abbas após ataques israelenses à Gaza

Reuters

02 de março de 2008 | 14h52

Os Estados Unidos pediram neste domingo, 2, o fim dos conflitos entre Israel e palestinos e uma retomada das negociações de paz depois que o presidente palestino, Mahmoud Abbas, suspendeu o diálogo com Israel.       Veja também: Veja as imagens  Contra-ataque de Israel ao Hamas mata 61 palestinos em Gaza Israel deve intensificar incursão militar na Faixa de Gaza Análise: Hamas delira, e o governo de Israel expõe sua fraqueza Abbas diz que ações de Israel são 'mais do que o Holocausto' Autoridade Palestina ameaça suspender diálogo com Israel Conselho da ONU se reúne com urgênciaAbbas deixou as negociações de paz em reação a uma ofensiva israelense na Faixa de Gaza que matou mais de 100 palestinos, muitos deles civis. Israel lançou o ataque como resposta aos ataques de mísseis no sul do país. "A violência precisa parar e as negociações precisam ser retomadas", afirmou um porta-voz da Casa Branca, Gordon Johndroe.   Maior incursão terrestre   Israel realizou no sábado sua maior incursão terrestre em Gaza em mais de um ano, com um saldo de ao menos 61 palestinos e dois soldados israelenses mortos . Foi um dos dias mais sangrentos na Faixa de Gaza desde que Israel se retirou da região, em 2005.   Autoridades médicas locais dizem que ao menos 13 dos palestinos mortos no sábado eram civis, incluindo oito crianças. Mais de 200 palestinos, e sete israelenses, também ficaram feridos. Apesar das ações militares israelenses, os foguetes contra o seu território continuaram a ser disparados.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAViolênciaIsraelFaixa de Gaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.