Samantha Appleton/Efe
Samantha Appleton/Efe

Casal de penetras da Casa Branca participará de programa de TV

Michaele e Tareq Salahi negam que tentaram vender entrevista sobre como entraram em jantar sem convite

Efe,

01 de dezembro de 2009 | 07h54

O casal que entrou de penetra em um jantar de Estado na semana passada na Casa Branca vai participar na manhã desta terça-feira, 1, da edição do programa matutino "Today", da rede de televisão "NBC", informou a emissora. O canal informou que Michaele e Tareq Salahi vão ser entrevistados pelo apresentador Matt Lauer.

 

O casal ficou famoso ao burlar na semana passada os controles de segurança do serviço secreto da Presidência americana. Um agente do casal negou que os Salahi estivessem tentando vender sua história a uma rede de televisão por cerca de US$ 500 mil, como publicaram alguns meios de comunicação.

 

Um executivo da NBC que preferiu não se identificar disse ao diário "The New York Times" que um representante de Michaele e Tareq inicialmente solicitou dinheiro pela entrevista, mas a cadeia se negou a pagar. O casal tinha previsto aparecer esta noite no programa do apresentador Larry King, da CNN, mas a participação foi cancelada. EFE

 

O casal diz que solicitou permissão para participar do evento a uma alta funcionária do Pentágono, mas ela nega que tenha oferecido qualquer ajuda para que eles entrassem. Michele Jones, assistente do secretário da Defesa Robert Gates, disse em comunicado que nunca disse ou deixou implícito que ajudaria Michaele e Tareq.

 

"Deixei claro que não havia entradas e que, de fato, não tinha a autoridade para permitir que assistissem a nenhuma das atividades da noite. Apesar de eu ter informado isso, ainda decidiram assistir", disse. mAs declarações de Jones chegam depois de o presidente do Comitê de Segurança Nacional da Câmara de Representantes, Bennie G. Thompson, convocar uma audiência para quinta-feira para esclarecer o fato.

Tudo o que sabemos sobre:
Casa BrancaEUABacack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.