Chefe eleitoral do Arizona recebe dados sobre nascimento de Obama

O secretário de Estado do Arizona disse ter recebido informações do Havaí que confirmam os registros de nascimento de Barack Obama, cumprindo os requisitos para colocar o presidente na cédula eleitoral do Estado em novembro, informou o gabinete dele nesta quarta-feira.

TIM GAYNOR, REUTERS

23 Maio 2012 | 17h15

Ken Bennett, que é copresidente da campanha do candidato republicano Mitt Romney no Arizona, havia feito a solicitação às autoridades do Havaí em 30 de março em nome de mais de 4 mil eleitores, informou o gabinete.

Bennett afirmou em comunicado que recebeu a verificação sobre o nascimento de Obama das autoridades do Havaí na terça-feira, em lugar de uma certidão de nascimento.

"Na noite de ontem nosso gabinete recebeu a verificação... das autoridades no Departamento de Saúde do Havaí que solicitamos em março", disse Bennett.

"Eles confirmaram oficialmente que a informação na cópia da certidão de nascimento do presidente coincide com o registro original nos arquivos deles... considero a questão encerrada", acrescentou.

A maioria dos críticos republicanos a Obama desistiu de levar adiante as acusações de que ele não tenha nascido nos Estados Unidos.

Em abril de 2011, Obama divulgou uma versão mais longa de sua certidão de nascimento a fim de acabar com as especulações de que ele não nasceu no país, como exigido pela Constituição dos Estados Unidos para que alguém se torne presidente do país.

Mais conteúdo sobre:
EUA ARIZONA OBAMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.