Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Chefes militares dialogarão com Obama sobre envio de soldados

General Stanley McChrystal, comandante das tropas no Afeganistão, recomenda um aumento de 40 mil homens

Reuters,

29 de outubro de 2009 | 18h33

As autoridades militares dos EUA informaram nesta quinta-feira, 29, que planejam apresentar recomendações ao presidente Barack Obama sobre o reforço das tropas no Afeganistão nesta sexta-feira, 30, um sinal que a decisão final da Casa Branca pode estar se aproximando.

 

O secretário de Defesa, Robert Gates, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, almirante Mike Mullen, e seu vice, James Cartwright, se reunirão na Casa Branca com os comandantes do Exército, da Força Aérea e da Marinha. "Eles apresentarão essas visões ao presidente, coletivamente e individualmente", informou um funcionário do Pentágono. "As perspectivas dos chefes em relação aos recursos será um fator importante", acrescentou a fonte.

 

O comandante das tropas americanas e da Otan no Afeganistão, o general Stanley McChrystal, recomendou o envio de mais 40 mil soldados para 2010. Obama afirma que ainda decidirá sobre quantos militares serão enviados ao Afeganistão, mas não confirmou nenhum prazo para anunciar o número.

Tudo o que sabemos sobre:
ObamaAfeganistãoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.