CIA não está por trás de morte de cientista iraniano, dizem EUA

A Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) não desempenhou nenhum papel em um atentado a bomba que matou um cientista da Universidade de Teerã nesta terça-feira, disse uma autoridade de inteligência dos Estados Unidos.

REUTERS

12 de janeiro de 2010 | 19h42

Autoridades iranianas e a mídia estatal descreveram o professor Massoud Ali-Mohammadi como um cientista nuclear, e o gabinete do Irã disse que agentes dos EUA estavam por trás de seu assassinato.

"Qualquer sugestão de que a CIA desempenhou um papel aqui é totalmente errado", disse a autoridade de inteligência dos EUA, falando sob condição de anonimato.

Uma autoridade do Departamento de Estado dos EUA rejeitou anteriormente como "absurdas" as acusações de Teerã de envolvimento dos EUA.

(Reportagem de Adam Entous)

Tudo o que sabemos sobre:
EUACIARESPOSTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.