Cidade americana teme enxurrada de água contaminada

Oficiais colocam Leadville em estado de emergência por risco de dreno em mina romper nas montanhas

Agências internacionais,

15 de fevereiro de 2008 | 11h30

Mais de um bilhão de galões de água contaminada, quantidade suficiente para encher 1.500 piscinas olímpicas, estão presos em um túnel nas montanhas e ameaçam com uma enxurrada a histórica cidade de Leadville, no Estado americano de Colorado. Oficiais declararam estado de emergência na região por temerem que as fortes tempestades de neve do inverno deste ano derretam e provoquem uma onda catastrófica. A água contaminada com metais pesados está armazenada no túnel de drenagem de uma mina que ruiu. O local é monitorado há cerca de dois anos e uma explosão poderia inundar a cidade e contaminar o rio Arkansas. "Ela pode ser liberada, só não sabemos ainda onde", afirmou o comissário Carl Schaefer. "Estamos vendo mudanças e estamos muito preocupados". O proprietário da mina afirmou que não há nenhuma ameaça iminente contra a cidade de 2.700 habitantes. O túnel drena água de algumas das centenas de minas abandonadas e ainda em funcionamento nas montanhas da cidade. Oficiais apontaram que um sistema de alto-falantes para auxiliar em uma possível retirada da população já foram instalados na região próxima da mina. A água estaria contaminada com zinco, manganês e cádmio.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAágua

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.