Cidade de Nova York compra armas da população por US$ 200

O programa de recompra de armas em poder do público é patrocinado pela polícia e pelo ministério público

AP,

26 de outubro de 2008 | 11h58

Cinco igrejas do bairro nova-iorquino de Harlem recolheram centenas de armas em troca de dinheiro vivo. Mais de 500 rifles, revólveres e escopetas foram entregues ata a noite de sábado, sem que os proprietários tivessem que explicar a origem das armas.   Cada pessoa que entregasse uma rama de fogo recebia um vale bancário de US$ 200. Armas de gás e ar comprimido renderam vales de US$ 20.   O programa de recompra de armas é patrocinado pela polícia e pelo ministério público de Nova York, num esforço para retirar as armas das ruas. O projeto já retirou cerca de 5.000 armas das ruas de Nova York desde que teve início, há seis anos. A cidade tem um orçamento de US$ 100 mil para financiar o esforço.   Há duas semanas, igrejas do Brooklyn recolheram mais de 400 armas. 

Tudo o que sabemos sobre:
armasviolêncianova york

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.